Foram consumidas mais de mil toneladas de aço na construção da nova atração de SP, inaugurada na semana passada.

A maior roda gigante da América Latina, inaugurada em São Paulo na semana passada, é uma obra que traz vários exemplos do que é a construção do futuro. A Roda Rico, que tem 91 metros de altura, demorou apenas nove meses para ser construída. O empreendimento consumiu cerca de mil toneladas de aço, material que garante um adequado funcionamento do equipamento, além de um visual único. Só o seu eixo de sustentação tem mais de 50 metros de altura.

A roda gigante de SP é a maior da América Latina e tem um eixo de mais de 50 metros de comprimento

O uso da estrutura de aço também viabilizou a conclusão da obra ainda em 2022. E exigiu o uso do maior guindaste rodoviário disponível no Brasil.

O engenheiro civil Róger de Oliveira, sócio proprietário da Compacta Sul Construtora e Engenharia Ltda, responsável pela execução de montagem da Roda Rico, explica que para este tipo de obra é extremamente importante o uso da estrutura de aço, por conta de ser um equipamento de alta precisão, onde toda a montagem é feita em milímetros.

“Outras vantagens que levaram a utilização das estruturas de aço na Roda São Paulo foram a diminuição de seções das peças e a agilidade em questões de logística”, comenta Róger. 

O Centro Brasileiro de Construção em Aço (CBCA) destaca que todos esses fatores tornam a Roda Rico um excelente exemplo de como a construção em aço pode fornecer obras de notável magnitude, mas sem perder de vista a funcionalidade, a versatilidade, e principalmente os aspectos de segurança que reforçam o trabalho de todos os envolvidos

A estrutura conta com 91 metros e ocupa uma área de 4.500 m², sendo projetada pelos arquitetos do escritório SPWM, empresa responsável pelo desenvolvimento da London Eye, a quarta maior roda-gigante do mundo. Dá para observar a cidade inteira lá de cima, sendo essa a proposta trazida para a capital paulista.

Além do mais, há 42 cabines de observação com capacidade de dez pessoas, ar-condicionado, monitoramento por câmeras, interfones, wi-fi e iluminação cênica, projetada para interagir com a cidade.

A atração foi erguida no Parque Cândido Portinari (Villa Lobos), na zona oeste da capital paulista, pela empresa São Paulo Big Wheel (SPBW), em uma área de 4,5 mil metros quadrados e faz parte de uma rede de projetos do Governo do Estado de São Paulo que buscam revitalizar a região do Rio Pinheiros.

Outras atrações do tipo no país, também montadas com estruturas gigantes de aço, são a Star Foz, em Foz do Iguaçu e a Rio Star, na região portuária do Rio de Janeiro – ambas alcançam a altura de 88 metros. (Com informações do Centro Brasileiro de Construção em Aço (CBCA)).

Contato

Tel.: (32) 3532-6362
WhatsApp: (32) 98420-4422

Endereço
Rodovia Km 6, Ubá – MG, CEP 36500-000

Receba nossas novidades por e-mail

Falar conosco
Precisa de ajuda?
Olá, podemos te ajudar?